Instituto Cesar Cielo e AB Concessões, parceiros no desenvolvimento social pelo esporte

Friday, July 15, 2016


A expectativa para 2016 é bem positiva, pelo estímulo dos Jogos Olímpicos em casa, pelos resultados do projeto em 2015, pelo crescimento do trabalho de professores e assistentes capacitados e por uma metodologia de formação e desenvolvimento consistente. O objetivo continua sendo que os nadadores estejam cada vez mais preparados para melhorar suas marcas pessoais e ir atrás de pódios.

"A ideia de criar o Instituto nasceu quando eu fui treinar e estudar nos Estados Unidos e vi atletas do futebol americano, basquete e natação, de várias modalidades, juntando esporte e ação social. É a chance de proporcionar a um grupo de crianças e jovens as mesmas oportunidades - não sei se vão ser campeões olímpicos - que eu tive, de ter uma bolsa na escola, de virarem atletas, de seguirem carreira, de irem para a faculdade", resume Cesar Cielo, campeão olímpico, multimedalhista em Mundiais e Pan-americanos, recordista mundial dos 50 m e dos 100 m livre.

Primeiro trimestre

Na Escolinha, as primeiras ações da temporada de 2016 do Novos Cielos foram focadas no aprendizado dos estilos. São 33 atletas, de 6 a 8 anos, que a treinadora Magda Lopes Di Paolo comanda nos níveis 1 e 2 (A e B), iniciantes e avançados.

"Na turma N1A, a mais iniciante, algumas crianças já estão treinando crawl e costas sem apoio da prancha, trabalhando a iniciação do nado peito e saltos do bloco em posição de mergulho", conta Magda, que investe em correções em função de dificuldades de coordenação e aprendizado. Na turma mais avançada, a N2B, da mesma faixa etária, o trabalho já enfatiza os nados e correções - pernas de crawl, nado crawl, com respiração lateral e bilateral, pernas de costas e nado de costas completo, iniciação do peito e borboleta, saídas de bloco e iniciação de viradas.

A professora Eloisa Rodrigues Alves, das categorias pré-mirim, mirim 1 e 2, com 40 crianças, cuida da integração dos atletas vindos da Escolinha e dos selecionados nas peneiras, da preparação física, da correção das técnicas nos quatros estilos... faz rodas de conversas e recreação, dentre outras atividades.

Concluída a pré-temporada, a categoria Petiz, sob a coordenação de Tamara Henrique da Silva, iniciou o período da base. Também trabalham na base para as competições do ano os nadadores das categorias Infantil, do treinador Eric Sona, Juvenil, de Rodrigo Fernandes de Mello, e Júnior e Sênior, comandados por Luiz Fernandes Barbosa.

Para o núcleo do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em 2015, o Novos Cielos - Ano II é uma parceria entre o Instituto Cesar Cielo, criado em 2010 pelo campeão olímpico e mundial Cesar Cielo, o governo federal, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, a Prefeitura de São Paulo e os patrocinadores SporTV, AB concessões, rumo all, hth e Maksen.

Texto: Heleni Felippe - Contrapé Comunicação