AB Colinas reduz número de acidentes e vítimas em 2015

Thursday, March 17, 2016


A AB Colinas reduziu o número de acidentes e vítimas em suas rodovias durante o ano de 2015. Enquanto o ano de 2014 registrou 3.111 acidentes em 2014, o ano passado contabilizou 2.585 (uma redução de 17%). No número de acidentes sem vítimas a queda foi de 22% (de 1.940 para 1.514) e no de acidentes com vítimas, 9% (de 1.106 para 1.013). Em número de acidentes com vítimas fatais, a redução foi de 11% (65 em 2014 para 58 em 2015) e, no número de vítimas fatais, 6% (de 70 para 66).

Os investimentos em obras realizados durante o ano passado, dando mais segurança aos usuários que utilizam diariamente as vias, foram importantes para este resultado. A concessionária investiu em diversos trabalhos, atualmente já finalizados, e outros ainda em andamento como as duplicações ocorridas na Rodovia Antônio Romano Schincariol, a SP-127, em Cerquilho e Tatuí (do km 91 ao km 97 e do km 98 ao km 105); duplicações da Rodovia Marechal Rondon, a SP-300 em Porto Feliz (do km 133 ao km 136 e do km 140 ao km 144); implantação de faixas adicionais na Rodovia Presidente Castello Branco, a SP-280, em Boituva (do km 110 ao km 122) e recapeamento entre Jundiaí e Tietê na SP-300 e de Piracicaba a Tatuí na SP-127.

Já na área operacional, a concessionária agiu fortemente na conscientização dos usuários por meio das campanhas do Plano de Redução de Acidentes (PRA), que foram intensificadas em 2015. Além disso, a retirada de andarilhos das rodovias, a fim de evitar os atropelamentos e no apoio às ações de fiscalização da Polícia Militar Rodoviária, também contribuiu para a melhoria dos números

Para o diretor-executivo da AB Colinas, Claudio Taira, as ações de educação realizadas nas vias são uma importante ferramenta para obter estes resultados. "Além dos investimentos realizados pela concessionária, a conscientização é bastante importante porque incentiva o usuário a também tomar ações que contribuam com a redução destes números. Ele se torna um agente ativo neste cenário", esclarece.