Bingo: O Rei das Manhãs é o maior vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2018

Wednesday, September 19, 2018



Com 15 indicações, Bingo: O Rei das Manhãs, saiu como o grande vencedor da noite na 17ª edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, que aconteceu na noite desta terça-feira, 18, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. O longa, dirigido por Daniel Rezende, levou nove troféus Grande Otelo, entre eles o de Longa-metragem de Ficção, Ator Coadjuvante, Direção de Arte, Montagem e Voto Popular.

O filme, patrocinado pela AB Concessões por meio das Leis de Incentivo Fiscal, conta a história de um ator que sonha em estar debaixo dos holofotes.  Ao ser escolhido para representar um palhaço internacionalmente famoso em um programa de televisão, seu contrato o proíbe de revelar sua identidade ao público. Famoso apenas quando está maquiado, ele é incapaz de alcançar a fama que passou a vida perseguindo. 

O programa logo se torna líder de audiência, mas isso faz com que ele se afaste cada vez mais do próprio filho, Gabriel, que vê seu pai mais pela televisão do que pessoalmente. Cheio de cores vibrantes e de referências à cultura pop da TV brasileira nos anos 80, o filme mostra a vida de um artista extremamente talentoso que trazia alegria para milhões de crianças em todo o país, menos para seu próprio filho.

Inspirado na vida de Arlindo Barreto e interpretado por Vladmir Brichta, Bingo: O Rei das Manhas é um filme sobre o homem por trás da máscara, um conto de superação, uma história sobre um homem cuja vida é salva pelo amor de seu filho. 

O filme é estrelado por Vladimir Brichta, Leandra Leal e Emanuelle Araújo. Com muita ironia e humor ácido, ambientado numa roupagem pop e exagerada dos bastidores da televisão nos anos 80, Bingo: O Rei das Manhas traz um retrato da efervescente televisão nacional nos anos 1980, cheio de cores vibrantes e músicas ícones da época.