AB Concessões tem rodovias entre as melhores do país

Monday, November 9, 2015


As concessionárias da AB Concessões apresentaram boa classificação este ano na 19º pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) divulgada no último dia 04. O estudo aponta que as 21 melhores rodovias do Brasil são administradas por concessionárias. No ranking com 109 ligações rodoviárias, as rodovias concedidas à iniciativa privada apresentaram avaliação superior às que são administradas pelo poder público: 78,3 % da malha concedida pesquisada teve avaliação ótima ou boa, enquanto as rodovias sob administração pública tiveram apenas 34,1 % de avaliação positiva.

A pesquisa da CNT avaliou um total de 100.763 quilômetros de rodovias, dos quais 19.804 quilômetros (19,7 %) estão concedidos. Com relação aos resultados por tipo de gestão, que avalia o estado das rodovias em diversas categorias (Estado Geral, Sinalização, Pavimento e Geometria da Via), as diferenças entre as rodovias concedidas e administradas pelo poder público são ainda mais evidentes. Ao analisar os resultados, é possível compreender a importância da participação do ente privado no que se refere à melhoria da qualidade nas rodovias brasileiras. Considerando as vias concedidas, 78,3% da extensão avaliada obtiveram avaliação positiva do Estado Geral, sendo classificados como ótima ou boa. Por sua vez, somente 34,1% da extensão pública receberam avaliação positiva.

AB Colinas
A AB Colinas possui três de suas rodovias entre as 20 melhores do território nacional. A rodovia administrada que está melhor qualificada no ranking é a Castello Branco (SP-280), cuja administração da concessionária vai da cidade de Sorocaba até Tatuí. Ela ocupa a quinta colocação geral, com classificação geral "ótimo". Em seguida vem a SP-075, que liga Campinas à Itu, na 14ª posição, também com classificação "ótimo". A SP-127, no trecho entre Rio Claro e Piracicaba, ficou na 20ª colocação, com classificação "bom".

Para o diretor-executivo da AB Colinas, Claudio Taira, o posicionamento na pesquisa revela os cuidados da em sempre progredir quando o assunto é qualidade do serviço prestado. "A evolução é sempre essencial para oferecer o melhor serviço possível e garantir a segurança e conforto dos nossos usuários. Por isso estamos sempre atentos para manter essa qualidade apresentada", comenta.

Resumo da classificação:
SP-280 
5º no geral
Estado Geral: ótimo
Pavimento: ótimo
Sinalização: ótimo
Geometria da Via: ótimo

SP-075
14ª no geral
Estado Geral: bom
Pavimento: bom
Sinalização: ótimo
Geometria da Via: bom

SP-127
20ª no geral
Estado Geral: ótimo
Pavimento: ótimo
Sinalização: ótimo
Geometria da Via: regular

SP-300
25ª no geral
Estado Geral: ótimo
Pavimento: ótimo
Sinalização: ótimo
Geometria da Via: regular

AB Nascentes das Gerais 
Em classificação que pode ser vista no apêndice C do estudo, o Sistema MG-050 recebeu o conceito "bom". No caso das BR´s 265 e 491, parte considerável das obras previstas no contrato de concessão já foi concluída, contribuindo, assim, para a obtenção do conceito bom. A MG-050, por sua vez, está com diversas frentes de obras de correção de traçado, duplicação e implantação de terceiras faixas totalizando cerca de R$ 100 milhões de reais em obras andamento. Quando tais investimentos forem concluídos e com a execução dos mais R$ 500 milhões previstos para os próximos dois anos, haverá o reflexo no padrão viário.

Destaca-se ainda destacar que, quando avaliado isoladamente, a MG-050 recebeu nota máxima em toda sua extensão no quesito sinalização horizontal e vertical, e quanto à geometria, esta avaliação, pelo critério da pesquisa, foi diretamente influenciada pelo traçado antigo da rodovia.

"Os investimentos nas obras de melhoria em andamento e que serão executados nos próximos anos vão contribuir para melhoraria na classificação", diz o diretor-executivo da AB Nascentes das Gerais, Joselito Castro.

Resumo da classificação:
Sistema MG-050/BR-265/BR-491
59º lugar no geral
Estado geral: regular
Pavimento: regular
Sinalização: ótimo
Geometria da via: ruim

AB Triângulo do Sol 
A Rodovia Carlos Tonanni/ Nemésio Cadetti/ Laurentino Mascari/ Dr. Mário Gentil (SP 333) obteve a melhor colocação, com o 4º lugar no estudo. Na 7ª posição ficou a Brigadeiro Faria Lima (SP 326). Já a Washington Luís (SP 310) aparece na 8ª posição. No ranking das ligações rodoviárias, todas as três rodovias obtiveram a classificação "ótimo".

Para o diretor-executivo da AB Triângulo do Sol, Otávio Figueiredo, o resultado da pesquisa reflete o trabalho contínuo da concessionária em ampliar e conservar o sistema rodoviário. "Nosso compromisso é oferecer ao usuário excelência na prestação de serviço, na segurança e no conforto das vias por meio de investimentos constantes", diz. Desde o início da concessão, em 1998, a concessionária realizou investimentos em obras na ordem de R$ 772 milhões.

Resumo da classificação:
SP-310
8ª no geral
Estado Geral: bom/ótimo
Pavimento: ótimo
Sinalização: ótimo
Geometria da Via: bom/ regular

SP-326
7ª no geral
Estado Geral: bom
Pavimento: bom
Sinalização: ótimo
Geometria da Via: regular

SP-333
4ª no geral
Estado Geral: bom
Pavimento: ótimo
Sinalização: ótimo
Geometria da Via: regular