AB Triângulo do Sol

Com 442,2 quilômetros de extensão, as rodovias administradas pela AB Triângulo do Sol, desde 1998, fazem conexão entre importantes municípios do Estado de São Paulo e desempenham papel importante no escoamento da produção regional, especialmente de combustíveis,  laranja in natura e suco para exportação, açúcar, implementos agrícolas, material de construção, grãos, veículos.

Entre as rodovias sob sua administração – que segundo a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) estão entre as melhores do País – está a Washington Luís (SP 310), entre São Carlos e Mirassol; a Brigadeiro Faria Lima (SP 326), de Matão a Bebedouro; e Carlos Tonani/ Nemésio Cadetti/ Laurentino Mascari/ Mário Gentil (SP 333), de Sertãozinho a Borborema.

A AB Triângulo do Sol já investiu cerca de R$ 3 bilhões em obras de melhoria, ampliação, infraestrutura, modernização do sistema operacional, conservação, fiscalização e monitoramento das rodovias. Hoje, em virtude de seu desempenho econômico-financeiro, é apontada como uma das melhores empresas do setor de Transporte e Logística. São 129 quilômetros de duplicação, 70 quilômetros de faixas adicionais e 430 quilômetros de acostamentos; 192,5 quilômetros de defensas rígida e metálica; 47 trevos de acesso remodelados; construção de 15 pontes e viadutos; 15,5 quilômetros de marginais; construção de nove passarelas para pedestres; duas áreas de descanso para motoristas, com sanitários e chuveiro; além de destinar, desde 1998, R$ 207 milhões em pagamento de ISS aos 27 municípios lindeiros, propiciando o desenvolvimento regional.

O valor de Imposto Sobre Serviço pago aos municípios lindeiros da AB Triângulo do Sol em 2015 atingiu a faixa dos R$ 22,7 milhões.

Para mais informações, clique aqui para acessar o site institucional.